segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Sherrilyn no The New York Times


O texto que vos trago hoje é parte de um artigo publicado pelo The New York Times. Dwight Garner, em Junho de 2006, escreveu um artigo sobre a lista de Best Sellers, intitulado Inside the List (Dentro da Lista), do qual se refere a um dos livros de Sherrilyn Kenyon.

"Fluffy, Assassino de Vampiros : "Dá-me 6 orgasmos numa hora e tu podes ter 10. Juro pelo rio Styx." É uma pequena parte de um dialogo do novo  livro da Sherrilyn Kenyon, "Dark Side of the Moon"(St.Martin's), que entra para a  hardcover fiction list (lista de ficção de capa dura) esta semana, no número 7. Kenyon escreve num género que por vezes é chamado de "romance paranormal". O seu novo livro, décimo da série Predadores da Noite, é sobre uma repórter cujo gato é - e estou a citar da sobre-capa - "um metamorfo que diz ser um assassino de vampiros imortal." Kenyon iria ser mais difícil de ler se não tivesse um senso de humor. A determinado ponto, a repórter diz ao seu editor "Puseste a Juanine a reescrever a história? A mulher que usa folha de alumínio no sutiã para que as pessoas com visão raio x  não consigam ver-lhe as mamas?". Leitores que peguem nestes livros pela primeira vez podem precisar de ajuda para entender quem é quem  - ou quem é o quê - no universo dos Predadores da Noite. ("O Ravyn é um Predador do Homem", uma personagem explica, não ajuda muito.  "São primos dos Apollites e dos Daimons que são caçados pelos Predadores da Noite"). Kenyon é obcecada com nomes; um dos seus livros anteriores é "The Writer's Digest Character Naming Sourcebook," (O livro sumário do escritor dos nomes dados as personagens), e os seus filhos chamam-se Madaug e Cabal. O nome da protagonista deste livro? É Susan."

O livro a que Dwight Garner se refere já foi publicado em Portugal, pela Saída de Emergência, com o titulo "O Lado Negro da Lua".









Tradução: Sofia Ribeiro

Sem comentários:

Enviar um comentário